Identidade e profissionalização docente: a subordinação do trabalho educativo à lógica flexível da produção capitalista

Saulo Rodrigues de Carvalho

Preço normal R$ 47,00

Este livro de autoria do professor Saulo Rodrigues de Carvalho é um convite para nos posicionarmos criticamente em relação às concepções pedagógicas que contribuem para a descaracterização alienante do trabalho docente e, ao mesmo tempo, assumirmos o desafio de encontramos as formas de ação individual e coletiva que façam da atividade docente um processo cujo sentido seja dado pela perspectiva de superação da sociedade capitalista em direção a uma sociedade na qual a humanização de cada pessoa seja um compromisso assumido por todos.

Newton Duarte - UNESP

 

___

Sumário

 

Sumário

 

Prefácio | Newton Duarte

 

Introdução     

Capítulo 1: Posições hegemônicas em educação: análise das principais teorias pedagógicas que formam o núcleo da Identidade Profissional do Professor na contemporaneidade    

1.1          Profissionalismo Competente e “talento artístico”: da racionalização moderna ao irracionalismo do pensamento burguês   

1.2          A competência como ideologia decadente e cerne da nova profissionalidade    

1.3          O professor profissional reflexivo e competente da reestruturação produtiva: a busca de uma identidade em tempos de crise               

1.4          A formação do habitus profissional e a vigilância de si.  

1.5          A pesquisa da prática e a prática da pesquisa: fetichização da pesquisa em educação    

Capítulo 2: Determinações sociais da Identidade Profissional do Professor.        

2.1. Divisão do trabalho e identidade profissional           

2.2. Identidade e alienação        

2.3. A formação de uma identidade profissional do professor que não deve ensinar: subordinação do trabalho educativo à lógica flexível da produção capitalista           

2.4. Identidade profissional de professores no Brasil: a descaracterização da docência

2.5. A visão de mundo liberal da identidade profissional do professor.  

Capítulo 3: Pedagogia Histórico–Crítica e o trabalho educativo do professor       

3.1.A ontologia do trabalho e o trabalho educativo        

3.2 Divisão do trabalho e educação        

3.3 A educação escolar como princípio para a formação da individualidade para-si          

3.4 A centralidade do ensino escolar e desenvolvimento humano: a especificidade do trabalho docente              

3.5 O ser da docência para a Pedagogia Histórico-Crítica              

 

Considerações Finais     

Referências      

 

Sobre o autor

___

Ano de lançamento: 2022

Tamanho: 16x23cm

311 páginas

ISBN: 978-65-86620-92-4