[Pré-venda] Antropologia: uma introdução à ciência da diversidade humana e sua vocação democrática

Monique Aguiar

Preço normal R$ 40,00

[Pré-venda] O livro chega na editora dia 27/06

 

Sumário

 

Prefácio

Larissa Maués Pelúcio Silva

 

Introdução

O que é antropologia?

Um livro vinculado ao seu contexto histórico

Movimentando as autorrepresentações da antropologia

Capítulos

 

Capítulo 1 – Contextos históricos de formação e desenvolvimento da antropologia

As viagens marítimas, o colonialismo e os selvagens

A antropologia, o neocolonialismo e os primitivos

Descolonização, imperialismo e os subdesenvolvidos

Antropologia at home

 

Capítulo 2 – Noções básicas da antropologia

Cultura e natureza

Cultura, sociedade e indivíduo

Alguns conceitos de cultura

Revisões da noção de cultura

Etnocentrismo, autoritarismo e relativismo cultural

Cultura, relações de poder e mudanças socioculturais

 

Capítulo 3 – Escolas antropológicas euroestadunidenses

Escola evolucionista e escola difusionista

França: a escola sociológica francesa e a estruturalista

Grã-Bretanha: a escola funcionalista, estrutural-funcionalista e a simbólica

Estados Unidos: a escola culturalista, a interpretativista e a pós-moderna

Materialismos: neoevolucionismo, marxismo estrutural e economia política

 

Capítulo 4 – Trabalho de campo e etnografia

Estranhamento e trabalho de campo

Trabalho de campo e etnografia

Transformações nos trabalhos de campo e nas etnografias

Outras modalidades etnográficas

 

Capítulo 5 – Áreas da antropologia e temas emergentes

Áreas da antropologia

Temas emergentes

 

Capítulo 6 – Antropologia no Brasil: transformações, lutas e resistências coletivas

Indefinições disciplinares: a elite intelectual brasileira e os alemães

Definições disciplinares: as cadeiras de Antropologia

Reforma do ensino: os departamentos de Antropologia

O compromisso: a etnologia clássica e a escola do contato interétnico

Desdobramentos: novas linhas de pesquisa

Antropologia em resistência: da redemocratização à falência democrática

 

Conclusão

 

____

Todo livro de divulgação científica é bem-vindo, e Antropologia: uma introdução à ciência da diversidade humana e sua vocação democrática é uma bela contribuição a esse gênero e ao campo da antropologia. Bem escrito e atualizado, tem ainda a virtude de levar ao leitor debates contemporâneos, nos quais as tradições imperiais e coloniais das quais a antropologia se origina são submetidas a um exame crítico que tem a virtude de renovar a disciplina na mesma medida em que amplia e diversifica as suas vozes, as suas perguntas e os seus temas. Assim, Monique Aguiar conduz o leitor a conhecer a “vocação democrática” da antropologia que está menos na origem do que no desenvolvimento atual da disciplina.

Jair de Souza Ramos - Departamento de Sociologia/UFF

_____

Monique Florencio de Aguiar é graduada em ciências sociais (2006), mestre (2009) e doutora (2014) em antropologia pela Universidade Federal Fluminense, com especialização em Gestão Pública Municipal (2020) pela mesma universidade. Possui dois pós-doutorados: um pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2015 – 2016) e outro pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2017 – 2022). Realiza pesquisas nas linhas de Antropologia (da) Política, do Estado, das Instituições e da Administração Pública, concentrando[1]se nas seguintes temáticas abrangentes: faccionalismo, trocas políticas, políticas públicas, mediação política e dinâmica das burocracias. Atualmente, dedica-se ao estudo de assédios tanto morais quanto contra as instituições públicas. Integra o Laboratório de Cultura, Etnicidade e Desenvolvimento (Laced), sediado no Museu Nacional/UFRJ.

Entre algumas obras de sua autoria estão o livro A Mediação a favor do Estado: disputas entre mediadores políticos pela aproximação com agentes estatais, os capítulos intitulados “Um rastro de destruição”: relações de poder no ambiente da administração pública e “Se eu pensar nisso, eu enlouqueço”: sofrimento psíquico na administração pública, além de artigos como (1) A maldade na burocracia: “bichos” e “idiotas” fazendo Estado, (2) “Questão política”: programas públicos e acusações entre mediadores, (3) O tempo das eleições: as espionagens e os usos das leis e (4) “Politicagem”: conclusões a partir das diferenças entre as noções de “administrador” e “político”.

 

_____

Ano de lançamento: 2022

Tamanho: 15x21cm

217 páginas

ISBN: 978-65-86620-96-2

____