[Pré-venda] Economia Brasileira Contemporânea: dependência e superexploração

Camilla dos Santos Nogueira

Preço normal R$ 43,00

[Pré-venda] O livro chega na editora dia 23/10

 

Sumário

 

Introdução

 

1 | Transferência de Valor e a Desacumulação da Produção Capitalista no Brasil

 

1.1 A Concorrência Capitalista: Produção e Apropriação de Riqueza e Transferência de Mais-Valor em O CAPITAL, De Marx

1.2 Troca Desigual: Expressão Concreta da Transferência de Mais-Valor

1.3 O “Segredo das Trocas Desiguais”: O Caso Brasileiro

1.4 Imperialismo, Exportação de Capitais e Transferência de Mais-Valor

1.5 Mundialização Financeira e a Transferência de Mais-Valor da Economia Brasileira: Fluxo de Lucros, Dividendos e Juros

1.6 Notas Metodológicas sobre a Remessa de Renda ao Exterior

1.7 Produção de Mercadorias e de Renda e Transferência de Mais-Valor

1.8 Considerações Finais

 

2 | A Superexploração na Obra de Ruy Mauro Marini e as Condições Atuais da Força de Trabalho no Brasil

 

2.1 A Superexploração da Força de Trabalho na Obra de Ruy Mauro Marini

2.2 Expressões Atuais da Superexploração da Força de Trabalho no Brasil

2.3 Considerações Finais

 

3 | Desenvolvimento de Contradições Sobre a Generalização da Superexploração da Força de Trabalho

 

3.1 Generalização da Superexploração, Processo e Tendência

3.2 A Generalização da Superexploração da Força de Trabalho e a Nova Morfologia do Capitalismo Mundial

3.3 A Violação do Valor da Força de Trabalho como Expressão da Generalização da Superexploração no Mundo

3.4 As (Im)precisões da Categoria Superexploração da Força De Trabalho

3.5 Considerações Finais

 

Conclusão

Referências

Sobre a autora

 

Camilla dos Santos Nogueira nos propõe um resgate crítico da teoria marxista da dependência. Resgate necessário de uma teoria que nasceu e se desenvolveu justamente no contexto daquela outra crise estrutural do capitalismo, nos anos 60 e 70 do século passado. Por estarmos em outro momento histórico, pela arma teórica do marxismo ter proposto novas temáticas, novos desdobramentos dos mesmos temas, correções até de equívocos desnudados pelo transcurso da história, esse resgate deve ser crítico.

Este livro enfrenta sem subterfúgios as principais categorias da teoria marxista da dependência, os processos de transferência de valor e a superexploração do trabalho, passando pelas distintas interpretações e controvérsias sobre as mesmas. E isso não por uma espécie de diletantismo teórico, mas para enfrentar a realidade concreta, a dependência contemporânea da sociedade brasileira no atual contexto histórico de crise do capitalismo contemporâneo. A satisfação de uma melhor e mais ampla compreensão dessa realidade social tampouco é o objetivo final. Conhecer a realidade social que se vive, no momento histórico específico em que se vive, com as particularidades da região em que se está, é condição sine qua non para a transformação social revolucionária que se anseia. Esta é a perspectiva deste livro. Para isso serve a arma teórica dentro da tradição marxista. Com este livro, temos mais munição. Marcelo Dias Carcanholo - UFF

 

Ano de lançamento: 2021

Tamanho: 16x23cm

Número de páginas: 190