O Espectro vermelho: um estudo sobre as teses do Manifesto Comunista e o itinerário teórico-político do jovem Marx

Michelangelo Torres

Preço normal R$ 40,00

SUMÁRIO

 

Apresentação | Dois jovens revolucionários desembarcam rumo à Londres

 

Prelúdio | Os movimentos de uma sinfonia inacabada

 

Primeira Parte: Contexto histórico e o itinerário teórico-político do jovem Marx

 

As origens do mundo contemporâneo e a gênese da elaboração de um novo paradigma científico

 

A era das revoluções: a derrubada do absolutismo e a semente do igualitarismo revolucionário

Da Revolução Industrial ao movimento operário

Uma longa elaboração teórica antecedeu o manifesto

Engels foi um segundo violino?

A trajetória, o percurso: da origem do jovem prussiano ao título de Doutor

Da Gazeta Renana à costura dos primeiros fios vermelhos: o democrata radical

Do “gabinete de estudos” em Kreuznach à Paris, a capital política do mundo: a conformação do dialeta materialista e comunista

O exílio em Bruxelas e a relação orgânica com o movimento operário: o intelectual e dirigente revolucionário

A batalha de Marx e Engels na liga comunista e a gênese do manifesto

A safra de 1848: prelúdio revolucionário e reação burguesa

 

Segunda Parte: Estudo das teses do Manifesto Comunista

 

Afinal, o que tem a nos dizer o documento programático fundador do socialismo moderno?

 

Uma leitura dos prefácios do Manifesto Comunista

Elementos introdutórios para a compreensão do materialismo histórico-dialético

Tese 1: Concepção da luta de classes como o motor dinâmico da história

Tese 2: O papel revolucionário desempenhado pela burguesia na história e a tendência expansionista do capital

Tese 3: O caráter de classe do Estado e o governo como gerenciador dos interesses das classses dominantes

Tese 4: Constatação da natureza potencialmente revolucionária do proletariado diante das outras classes e sua missão histórica

Tese 5: O papel da ideologia e a formação social da consciência

Tese 6: Esboço de uma teoria da revolução / programa

Tese 7: O combate ao reformismo como parte da estratégia do proletariado

Tese 8: Os comunistas como a vanguarda não-apartada do proletariado e a relevância da flexibilidade tática para a unidade de ação

Tese 9: O internacionalismo socialista

Breves considerações

 

Finale (Conclusão)

 

Referências Bibliográficas

 

Tamanho: 14,8x21cm

310 páginas

Ano de lançamento: 2021

 

Um "espectro" ronda a crise do capitalismo: o espectro vermelho da luta de classes, o comunismo. Os apologistas da ordem tentam, a todo custo, afastar o espectro, negando-o, sepultando-o, velando-o, mas ele insiste em atormentar e ressurgir em diferentes conjunturas e situações. Ao que parece, decorrido seu ducentésimo aniversário, não é infundado crer que a procura pela produção intelectual de Marx e as crises do capitalismo possuem afinidades eletivas. Essa seria a “vingança de Marx”.

Elaborado com profundo rigor acadêmico e suavidade didática no método expositivo, o trabalho ora apresentado é destinado aos que queiram iniciar seus estudos do marxismo e aos que tenham intenção em aprofundar a compreensão das ideias de Marx e Engels. Mas, diferentemente de um manual, este trabalho tem um objetivo crítico. Oferece ao leitor a compreensão do momento histórico-social em que o Manifesto foi redigido e a trajetória intelectual de seus autores até 1848.

A presente contribuição à história do pensamento marxista pretende uma importante visão de conjunto das principais ideias-força contidas no Manifesto Comunista, obra seminal de Marx e Engels, a partir da qual busca-se oferecer uma pesquisa erudita capaz de fornecer as contribuições dos autores do socialismo científico, em edição ancorada em ampla documentação e notas explicativas.

O intuito é o de conduzir o leitor a uma leitura crítica e rigorosamente fundamentada no que Marx e Engels efetivamente afirmam em seus enunciados, e não no que seus intérpretes críticos ou apologistas dizem terem afirmado.

Para tanto, recorre-se aos próprios textos de Marx, e eventualmente de Engels, como tratamento indispensável para o entendimento de determinadas passagens do Manifesto, bem como suas trajetórias militantes. O preparo da exposição repousa num esforço de caráter didático, com notas de rodapé indicando aprofundamento dos temas.

 

Aproveite para entrar no canal de transmissão da Lutas anticapital no Telegram