A revolução chinesa: até onde vai a força do dragão?

José Rodrigues Mao Jr. e Lincoln Secco

Preço normal R$ 28,00

É a China ainda um país socialista? Para seus críticos à esquerda ela trilhou o caminho do capitalismo desde 1978, dois anos após o fim oficial da Revolução Cultural e de seu radical experimento comunista.

Para os novos dirigentes chineses houve uma retificação: a crítica aos “erros” de Mao Tsetung e a retomada da construção lenta do socialismo segundo a divisa maoísta de “buscar a verdade nos fatos”.

Se é verdade que se desenvolveu uma burguesia na China, aumentaram tensões sociais e a desigualdade social e empresários adentraram oficialmente o Partido Comunista; por outro lado o país cresceu como nenhum outro em prazo tão curto.

[Livro de Bolso - 210 páginas]

Sumário
Nota
Cronologia
Glossário
Introdução
I – O Império do Meio
II - A República Fragmentada
III - A República Popular
IV - A Revolução Cultural
V - As Quatro Modernizações
Conclusão
Apêndice
Bibliografia Comentada
Sobre os autores