Antonio Gramsci: escritos escolhidos (1915-1920)

Anita Helena Schlesener e Ana Paula Schlesener

Preço normal R$ 43,00

Sumário

 

Introdução

 

  1. Características do Estado Italiano

 Armênia  

A máscara e o rosto  

Labirinto  

Caráter italiano  

Para esclarecer as ideias sobre reformismo burguês  

A política do “Se”  

O regime dos paxás  

A derrota  

Um Programa de Governo  

Giolitti no poder  

O Estado Italiano  

 

  1. A Censura

A divina língua  

Rabiscos  

O Progresso no Índice de Ruas da Cidade  

A censura (4)  

Sua Majestade, a Segurança Pública  

Se questiona a censura  

A censura  

Consciência censora  

Verboten! (Proibido!)  

A reação italiana  

 

  1. A Liberdade

 Ano Novo  

Pietro Gavosto  

A senha da liberdade  

Individualismo e coletivismo  

A liberdade de divertir-se  

O critério da liberdade  

A sua herança  

 

  1. Organização Política

 A Indiferença  

A História  

A ideia territorial  

Três princípios, três ordens  

O relojoeiro  

Uma verdade que parece um paradoxo 

Filantropia, boa vontade e organização  

Elogio da cor vermelha  

A passividade  

A Comuna  

 

  1. A Revolução Russa

 

Notas sobre a Revolução Russa  

A revolução contra o “Capital”  

Constituinte e Soviet  

Um ano de história 

Para conhecer a Revolução Russa  

A educação política na Rússia 

A medida da história  

 

  1. Educação e Cultura

 A luz que se apagou  

A escola do trabalho  

A escola e a oficina  

Simplesmente  

Os jornais e os operários

A máscara que cai  

A Universidade Popular  

Cadáveres e Idiotas 

A primeira pedra  

A escola e o jardim  

O problema da escola (no contexto de uma política socialista) 

Crônicas de L’ordine Nuovo  

 

Referências

 

Sobre as autoras e tradutoras

 

__

Os escritos escolhidos para a tradução, a partir da vasta produção gramsciana efetuada entre 1915 e 1920, foram selecionados a partir de interesses específicos, como o breve reconhecimento do contexto histórico e os objetivos de Gramsci com a formação política e cultural da classe trabalhadora. Neles podemos identificar uma metodologia educativa na repetição do argumento, na crítica sarcástica e irônica aos intelectuais da época, na articulação entre teoria e prática.

__

Este livro apresenta um pequeno esboço do que foi a experiência de um novo jornalismo que visava a um esforço contínuo de formação da classe operária, num processo de autoeducação que se constrói na organização política e na valorização dos meios associativos que permitam lançar as bases de um movimento revolucionário.

__

Seleção, tradução e introdução de Anita Helena Schlesener e Ana Paula Schlesener

Ano de lançamento: 2022

Tamanho 14,8x21cm

261 páginas