As diretrizes programáticas e a política educacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST)

Melina Casari Paludeto

Preço normal R$ 40,00

Trata-se de texto fundamental para aqueles que buscam compreender a educação do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Por meio de análise detalhada das diretrizes programáticas do Movimento, erigidas nas quatro décadas de uma história alicerçada na luta pela terra, pela reforma agrária e por mudanças sociais no país, discute-se a educação do MST a partir das concepções do Movimento e suas formulações sobre a política, a economia e a sociedade.


Neste livro, Melina Casari Paludeto busca identificar e analisar os principais objetivos da educação do MST, apontando a articulação entre as proposições políticas, econômicas e educacionais. Para o aprofundamento da análise, é dado forte destaque para os Encontros Nacionais de Educadores da Reforma Agrária (ENERA) – 1997 e 2015 –, indagando se haveria mudanças nas tendências educacionais defendidas e praticadas pelo MST ao longo de sua trajetória. Para a autora, as concepções programáticas do Movimento têm mudado com o passar do tempo e com as circunstâncias sociais, notadamente sua concepção de reforma agrária e de educação. Desse modo, o leitor é instigado a se debruçar sobre duas questões centrais: quais as concepções de reforma agrária e de educação do MST hoje? Como a concepção de reforma agrária se articula com a concepção de educação?


Por fim, ao trazer uma compreensão totalizadora da educação, historicamente contextualizada pelo projeto político e diretrizes programáticas do Movimento, esta obra inova ao estudar não somente a sua Pedagogia, mas, dialeticamente, tecer as bases do que se pode apreender como sendo a política educacional do MST.

JULIO CESAR TORRES | UNESP

 

Sumário

 

Prefácio

 

Introdução

 

Capítulo I – Terra, questão agrária e o surgimento do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST): os condicionantes da luta

 

Capítulo II – A Educação do MST

 

Capítulo III - I ENERA (1997) e II ENERA (2015): marcos do desenvolvimento da Educação do MST

 

Capítulo IV – As diretrizes programáticas para a Educação: a agroecologia e os desafios da construção da reforma agrária popular

 

Conclusão

 

Referências

 

Tamanho: 14,8x21cm

227 páginas

Ano de lançamento: 2019