[Pré-venda] Autogestão e modos de vida

Claudio Nascimento

Preço normal R$ 55,00

[Pré-venda] O livro chega na Editora dia 6/06

 

Sumário

 

A –  Introdução

 

B - Autoemancipação e Filosofia da Práxis. Marx e Rosa Luxemburgo. (M. Lowy.)

 

C-      Rosa Luxemburgo e o ‘Romantismo Revolucionário (marxista)’

 

D- “O Luxemburgismo” no Brasil e na América Latina

 

E- Autogestão em Nuestra América “abigarrada/ barroca”

 

F- Teorias: Autogestão e Modos de Vida

1 – Anibal Quijano: “Mariategui, autogestão, colonialidade”

2 - Rene Zavaleta Mercado: “Autogestão e auto-determinação”

3 - Armando Bartra: “Economia Comunal e Modos de Vida”

4 - Bolivar Echeverria:   “A Ontologia do ethos barroco”

5-  Orlando Fals Borda: “O Socialismo raizal”

6- Raquel Gutierrez Aguillar: “Pachakuti e autogestão comunal”

7- “Che” Guevara: “Trabalho, autogestão e socialismo”                                                                                     

8 - Anexo: “O Socialismo petista”

___

A falência do socialismo real deixou a esquerda mundial sem um horizonte alternativo ao capitalismo. A China tornou-se uma grande potência capitalista, ainda que lá no império do meio, a forma de reprodução do capital seja bastante singular. A América Latina – e consequentemente autores latino-americanos – estão trazendo contribuições importantes para se pensar a articulação umbilical entre classe, etnia, gênero e meio ambiente. Nascimento não escapa a essa regra, especialmente por combinar muito bem três dimensões do debate autogestionário: o debate da autogestão no microcosmo produtivo, a autogestão territorial-“mesoscópica” e o debate macroscópico, por um novo modo de vida autogestionário.

Claudio Nascimento é um dos intelectuais militantes mais completos do nosso país. Participou ativamente dos momentos mais decisivos da resistência ao capitalismo e ao autoritarismo, seja em diversas regiões do Brasil, seja nos momentos que foi obrigado a lutar lá longe, em terras francesas. Sua obra ainda não foi devidamente estudada, mas influencia as novas gerações que lutaram pela construção de uma “Economia Solidária" ou estão lutando pela nova redemocratização do país e – quem sabe – lutando para construir uma sociedade para além do capital.

Henrique Tahan Novaes - UNESP Marília

___

Ano de lançamento: 2022

Tamanho: 15x21 cm

370 páginas

ISBN: 978-65-86620-97-9