Florestan Fernandes na Assembleia Nacional Constituinte

Julio Hideyshi Okumura

Preço normal R$ 36,50

Neste livro, resultado de extraordinária pesquisa bibliográfica e documental, Julio Hideyshi Okumura buscou levantar e apontar o papel de destaque e liderança política de Florestan Fernandes como deputado federal constituinte nos anos de 1980. Preenchendo uma lacuna na literatura acerca das contribuições do professor-intelectual-deputado, esta publicação vem se somar à galeria de produções acadêmicas acerca de um dos mais relevantes pensadores sociais brasileiros do século XX.

Ao retomar aspectos da vida e obra de Florestan Fernandes, tão fundamentais para o entendimento de seu pensamento educacional, o leitor poderá se apropriar, ainda, da vasta contribuição de Florestan ao longo desse processo ímpar da história política de redemocratização do país, seja por meio de propostas concretas de transformação da educação brasileira, ou sua participação irreprochável nos debates educacionais. Mas, sempre, compartilhando o seu conhecimento em meio às lutas políticas em prol de melhorias e avanços na vida das pessoas mais desprovidas de garantias básicas dos direitos de cidadania.

Desse modo, trata-se de texto fundamental para aqueles que buscam conhecer ou revisitar o rico debate educacional que tomou assento na Assembleia Nacional Constituinte (1987-1988), quando da formulação da Constituição Federal, promulgada em outubro de 1988. A nova Carta Magna brasileira lançaria, pois, os pilares para a subsequente instituição de diretrizes e bases da educação nacional, em 1996, consagrando a educação como direito de todos, reafirmando-se seu caráter público e laico, e, ademais, devendo ser organizada sob os desígnios da gestão democrática. “Revolução dentro da ordem”, talvez.  

Por fim, a atualidade das propostas de Florestan Fernandes, e sua contribuição ao pensamento educacional, colocam-se como fundamentais para apreendermos aspectos relevantes da história da educação do país, além de problematizarmos os desafios ainda postos para Educação brasileira.   (Julio Cesar Torres - UNESP)

 

SUMÁRIO

Agradecimentos

Lista de siglas

Prefácio

Introdução

Capítulo 1 | O pensamento educacional em Florestan Fernandes na década de 1960: a campanha “em defesa da escola pública”

Capítulo 2 | O pensamento educacional em Florestan Fernandes nos anos 1980: educação e revolução

Capítulo 3 | Florestan Fernandes na Assembleia Nacional Constituinte de 1987-1988

Conclusões

Referências

Tamanho 14,8x21cm

283 páginas