Outro Mundo

Ângelo Novo

Preço normal R$ 37,50

 

A perspetiva que aqui se expõe é a de um espetador comprometido e apaixonado com o grande espetáculo da humanidade. Não a de um ator que tivesse interagido efetivamente com a sua circunstância e aprendido mediante a avaliação de tentativas e erros próprios. Não estive na linha da frente.

De todo o modo, o movimento anticapitalista global está ainda numa fase de formação e de definições elementares. O que aprendi, devo-o unicamente ao estudo e à reflexão, em grande medida solitária, sobre a experiência passada (aí incluída a mais recente) dos movimentos de resistência e emancipação das grandes massas laboriosas e conviventes.

A história das suas lutas contra constantes agressões crematísticas que lhes são dirigidas já vem muito de trás. Muito para lá de Marx e do movimento operário, esses nossos contemporâneos. Ganhar-se-á, porventura, alguma coisa em tomar consciência plena disso. A sucessão dessas lutas é também, assim o espero, uma progressão contínua na sua autoconsciência. Até que luta, consciência e libertação se tornem, por fim, um único gesto contemporâneo a si próprio.

 

ÂNGELO NOVO não ele mesmo é licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra - Portugal. Nesta cidade, participou intensamente no movimento associativo estudantil, foi militante ecologista e secretário da redação da revista Vértice. Foi depois jornalista e advogado na área do Grande Porto. Foi ainda redator ou colaborador permanente em diversas revistas culturais e de intervenção política, designadamente Última Geração e Política Operária. É autor do livro de poemas Exílio de Caim (1992) e do volume de ensaios O estranho caso da morte de Karl Marx (2000), para além de outras aventuras coletivas em ficção e poesia. Desde 2005 é editor da revista eletrónica O Comuneiro, de publicação semestral, onde procura manter uma tribuna de debate teórico e estratégico para o movimento anticapitalista no mundo da língua portuguesa: http://www.ocomuneiro.com/

 

Sumário

Prefácio à edição brasileira


Duas palavras necessárias

 

  1. Constância, transformação e ruptura

 

  1. Novos rumos do comunismo

 

  1. Os segredos da «sociedade da informação»

 

  1. Notas sobre o estado actual da questão imperialista

 

  1. Que outro mundo é possível?

 

  1. O caso Snowden

 

  1. Democracia, capitalismo e revolução

 

  1. O Brasil nas vascas do neofascismo

 

Índice remissivo

 


Tamanho: 14,8x21cm

292 páginas

Ano de Publicação: 2021