Trifurcação da Empresa Social em assentamentos de reforma agrária

Adarlam da Silva

Preço normal R$ 36,50

Este livro nos traz, a partir de um estudo de caso de assentamento da reforma agrária, como que as análises das empresas sociais devem levar em consideração diferentes dimensões relacionadas com a produção e reprodução ampliada da vida das famílias assentadas.

As práticas vivenciadas por estas famílias não cabem em uma visão reducionista e míope da realidade e, muito menos, podem ser invisibilizadas e inferiorizadas por esta visão. Com bastante lucidez e “práxis”, o estudo ressalta que para além de indicar a presença de três dimensões chave - a gestão sociotécnica, responsabilidade sociopolítica e produção de renda ( Pedro Ivan Christoffoli UFFS)

 

Sumário

Prefácio | Pedro Ivan Christoffoli

 

Apresentação

 

Introdução

 

Capítulo I | Interfaces de um diálogo: reforma agrária, assentamentos e empresas sociais

 

Capítulo II | Empresas sociais: incidências de gestão sociotécnica, responsabilidade sociopolítica e produção de renda

 

Primeira Dimensão: empresas sociais e gestão sociotécnica

 

Segunda dimensão: empresas sociais e responsabilidade sociopolítica

 

Terceira dimensão: empresas sociais e a necessidade de manter a produção de renda, a produtividade e a rentabilidade

 

Capítulo III | Achados empíricos da tridimensionalidade na empresa social e no assentamento Che Guevara

 

Considerações (ainda que não) finais

 

Referências

 

 

Tamanho do livro:15x21cm

240 páginas

Ano de lançamento: 2021